Manolito Vinho de Talha Branco

13,95

750 ml

*com IVA incluído

REF: VMAN02 Categorias: , ,

Descrição

Manolito Vinho de Talha Branco

REGIÃO: Alentejo – Portugal

CASTAS: Antão Vaz e Diagalves.

MÉTODO DE PRODUÇÃO: Neste vinho feito com base em dois mundos de enologia, loteámos mais do que castas! A história deste vinho começa, nas vinhas. Juntámos o Antão Vaz de uma vinha com cerca de uma década, com a nossa vinha velha de Diagalves, de larga história. Ambas vindimadas manualmente, para caixas de pequena capacidade. Tratámos estas uvas de forma distinta. O Antão Vaz, foi tratado à luz das mais recentes e comuns técnicas. Uvas prensadas, pouco depois da vindima, fermentado em inox a temperatura controlada a 14-16ºC. Mantido em inox, depois da fermentação, com ligeira “bâtonnage” das borras finas durante 2 meses.

Já as uvas de vinha velha, onde pontifica maioritariamente a Diagalves, foi tratada à luz do conhecimento mais antigo. Totalmente tratada como Vinho de Talha. Fermentou em talha de barro não tratado, as uvas foram desengaçadas, mas em contacto total com as películas, com leveduras nativas e sem controlo de temperatura. Numa fermentação demorada, e tranquila, o vinho e as massas foram separados em Dezembro, ou seja, com 3 meses de contacto pelicular. Ambas as entidades deste lote, o Antão Vaz e a Diagalves foram juntos em Janeiro. Tendo o lote ficado a harmonizar detalhes em inox durante 6 meses.

NOTAS DE PROVA: Visualmente, apresenta-se amarelo palha, ouro ligeiro. O aroma, revela contenção e complexidade de inicio. Mostra fruta madura, compota de laranja, marmelada, pêra. O tempo no copo, traz notas terrosas e de especiarias (cardamomo, cravinho). A boca é rica, texturada, untuosa. Uma acidez viva, traz-lhe um equilíbrio e vida fantástica. Termina longo e complexo, prazeiroso e demorado.

HARMONIZAÇÕES: Vinho de contemplação, pode antes demais, ser tomado em boa companhia e como parceria ter um queijo curado de ovelha, como o de Serpa por exemplo, partido em pequenos pedaços, à moda da Amareleja. Poderá ser bom parceiro, para peixes de forno, carnes guisadas. Tem estrutura, untuosidade e acidez para se aguentar à mesa, mesmo com carnes grelhadas. Olhando para a nossa origem, não se negará a um caldo de Bacalhau, ou a outra qualquer receita preparada com o “fiel amigo”.

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Apenas clientes com sessão iniciada que compraram este produto podem deixar opinião.